SEGURANÇA DE DADOS: O QUE É, TIPOS E FERRAMENTAS

SEGURANÇA DE DADOS: O QUE É, TIPOS E FERRAMENTAS

A importância da segurança de dados aumenta mais a cada dia pois, a informação é um dos bens mais importantes que temos atualmente, seja de uma pessoa física ou empresa.

O grande propulsor disso é a tecnologia, por grande parte de nossos dados e informações se encontrarem no meio virtual.

Por isso, deve dar bastante atenção a segurança dos dados principalmente de uma empresa,como por exemplo uma empresa que vende Sistema de Gestão, onde realiza backup diário dos dados do cliente.

Esses dados são degrande importância ao cliente e a empresa, então ela precisa ter uma alta segurança para que não haja problemas em relação a perdas.

O que é

A segurança de dados é, a proteção e preservação de informações e dados de uma pessoa ou empresa. Essa segurança é feita para evitar ou solucionar problemas como erros, uso não autorizado, roubo, ameaças, etc.

Direcionando ao comércio, proteger as suas informações da concorrência é algo fundamental. O mundo já é muito competitivo e acredita-se que só tende a aumentar, por isso informações como preços, promoções e novidades deve ser muito bem guardadas, e não apenas isso, mas também estar à disposição sempre que necessário.

Princípios da segurança de dados

Já sabemos um pouco da importância da segurança de dados, agora vamos falar sobre os princípios fundamentais dessa segurança, sendo eles:

  • Confidencialidade: impõe limites, com isso acesso, modificações, adicionar informações, exclusões, entre outras ações, só podem ser realizadas por pessoas autorizadas
  • Disponibilidade: garante que os dados estarão disponíveis sempre que haver necessidade de uso ou consulta.
  • Integridade: preservação das características originais dos dados, mantendo a integridade desde a criação.

Esses princípios são a base da segurança de dados, por isso, deve-se atentar bastante a eles, seja para desenvolvimento de um sistema para segurança quanto a contratação de um.

Ferramentas e mecanismos

Existem variadas tipos de ferramentas e mecanismos de segurança de dados, que podem ser controladas e armazenados de forma física ou virtual, e além disso, podem utilizar das duas formas, fazendo com que uma complemente a outra.

Físicas

É chamado de controle físico quando há um contato ou acesso direto aos dados ou infraestrutura responsável por manter os dados. Ou seja, são aqueles que necessitam de um local para manter e proteger, como paredes e portas.

Alguns exemplos desses meios físicos são Hard Disk, Servidores e Data Centers, que normalmente são mantidos em salas ou locais fechados e com acesso autorizado.

Virtuais

Os controles virtuais, são aqueles que possuem o acesso e armazenamento das informações de forma virtual ou eletrônica. Da mesma forma, possuem restrições onde apenas pessoas autorizadas tem acesso.

O Armazenamento em Nuvem, Servidores Web e Hosting são alguns exemplos de armazenamentos virtuais

Segurança dos armazenamentos físicos

Para realização do armazenamento de forma física, é indicado que primeiro, seja anexado em um local “fechado” como uma sala, com temperatura adequada e de menor humidade possível. Com isso, irá garantir uma maior vida útil e melhor funcionamento dos componentes.

Em questão da segurança ao acesso, é indicado câmeras para acompanhamento, limitar o acesso a um número bastante restrito de pessoas, e se possível, ter uma pessoa ou sistema responsável por autorizar por autorizar, notificar e informar todos que tiveram acesso.

Segurança dos armazenamentos virtuais

Para os meios virtuais, é indicado primeiramente contratação de uma boa empresa, um limite restrito de pessoas que podem ter acesso, e ferramentas para reforçar a segurança, principalmente contra invasões.

Existem hoje muitas ferramentas que cumprem bem o papel de trazer segurança, um exemplo é a criptografia, que codifica dados e informações, onde apenas quem possui a chave de acesso pode descodificar.

Um outro exemplo indicado é o uso ao Certificado Digital, que comprova os dados de uma pessoa ou empresa, possibilitando por exemplo a assinatura de documentos de forma virtual.

Além desses, existem diversas outras ferramentas como Firewall, que atua como uma barreira entre a internet e os servidores, fazendo a verificação dos dados, o IDS e IPS, que fazem a verificação da rede da empresa, e considerado o principal, o Sistema de Backup, que evita com que haja perdas de dados e informações importantes.

Sobre o autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *