Open Banking na tradução significa “Banco Aberto” ou “Sistema Bancário Aberto”, ele tem como finalidade fazer com que os Bancos, Instituições Financeiras, Fintechs, entre outras instituições, possuam sistemas que conversem entre si. Esse novo regulamento prevê grandes mudanças positivas principalmente aos consumidores, pois poderão compartilhar seus dados financeiros entre instituições que quiser, assim seus dados deixam de ser posse do banco e passam a serem seus.

Como funciona o Open Banking?

O Open Banking prevê uma comunicação mais fácil e ágil entre instituições financeiras, é como se elas utilizassem um único sistema.

Isso é possível graças ao API (Application Programming Interface), pois dessa forma, os sistemas conversam entre si. Um exemplo de utilização de um API é quando um site dá a opção de você fazer login utilizando sua conta do Facebook.

Com esse regulamento então, vão continuar existindo os aplicativos específicos de cada instituição, a diferença é que eles podem conversar entre si para trocar informações.

Quais são as vantagens?

Histórico Financeiro Compartilhado

A principal vantagem desse regulamento é que com a sua autorização, as instituições podem transferir suas informações financeiras entre elas.

E isso faz com que você migre de uma instituição para outra com maior facilidade, e além disso, você terá um melhor relacionamento com sua nova instituição, pois agora ele poderá ter acesso a seu histórico financeiro.

Sendo assim, se você abrir uma nova conta em um novo Banco ou instituição financeira, eles terão conhecimento do seu histórico financeiro, assim o seu novo Banco pode por exemplo te conceder empréstimos com juros menores.

Melhor Gerenciamento Financeiro

Hoje a maioria das pessoas possui conta em diferentes bancos, como Banco do Brasil, Itaú, Santander, … Cada banco possui um App específico, além das plataformas de pagamentos como Nubank, PayPal, PicPay, entre outros.

Com Open Banking, você não vai mais precisar ter vários Apps diferentes de suas contas, com esse novo regulamento, você vai poder utilizar um único App para gerenciar todas suas contas em diferentes tipos de Bancos, Instituições ou plataformas.

Aumento de concorrência

Com esse novo regulamento, vai ser mais fácil novas instituições adentrarem ao mercado e apresentarem melhores proposta do que os grades bancos oferecem.

Isso irá gerar uma maior concorrência, reduzindo além dos custos dos serviços, os juros de empréstimos, trazendo também mais agilidade e qualidade nos serviços prestados.

Redução da Burocracia e Tarifas

O Open Banking prevê a diminuição da burocracia, pois você terá mais facilidade em mudar sua conta de um banco para outro ou utilizar apenas de serviços específicos, sem que fique “preso” a esse banco.

Além disso, terá uma redução no valor das tarifas e custos de transações financeiras, o Pix já ajudou bastante nessa questão. Pois com ele, você faz transações de diferentes bancos ou plataformas sem nenhum custo ou tarifa.

Calendário Open Banking

De acordo com o site do Bradesco, as datas das fases serão:

1° Fase: a primeira fase deu início no dai 1 de fevereiro de 2021, e nessa fase os dados compartilhados serão das próprias instituições financeiras, com informações sobre canais de atendimento, produtos e serviços.

2° Fase: essa fase dará início em 15 de julho de 2021, e nela você poderá compartilhar dados cadastrais e informações de contas bancarias (depósito, pagamento e poupança), cartão de credito e operações de credito.

3° Fase: com o início de em 30 de setembro de 2021, nessa fase você também poderá solicitar uma autorização de pagamento e encaminhamento de proposta de operação de crédito.

4° Fase: na quarta e prevista última fase, outros dados poderão ser compartilhados, como operações de câmbio, investimentos, seguros e conta-salário.